Friday, April 4, 2008

56 / Começar Mal (ou não)

Foi dito no post anterior que a demora [nas colocações] era má. Claro que se infere que a precipitação seria pior. Compreende-se que seja necessário ir ao Ministro apreentar as listas [que esperemos, em definitivo, se acabe com o síndrome das Listas de Caupers] embora o DN tenha carta branca. Nestas coisas, a celeridade, não a precipitação, repete-se, é fundamental: demonstra que já pensa há algum tempo, que tem um projecto. Sim, a partir de determinadas categorias hierárquicas, não basta andar por cá. É preciso pensar em eventualidades, estar-se pronto. Daí ter-se dito que a demora era má. Claro que se tem que dar o benefício da dúvida. Mas a demora continua a ser má. Dá a sensação de que apesar de se almejar o cargo, não acreditou mesmo que viesse a alcançá-lo. Se assim foi... paciência. Se por outro lado, a demora significa andar a apagar fogos junto de oficiais com egos elevados... não é começar mal, é um anteprojecto de suicídio em massa. Em todo o caso, sexta-feira, 4 de Abril, 2008, começa uma nova era. Beneficiemos, por uns tempos, da dúvida.

2 comments:

Franco said...

Oficiais com ego elevado? Gostava de entender.

Anonymous said...

Não é difícil de entender ? São eles e o resto é "paisagem". Mas como escreveu o policíadas há que ter esperança e dar o benefício da dúvida. Mas como já aqui foi comentado o verdadeiro teste serão os regulamentos que demoram a sair. É uma ocasião única de uma vez por todas arrumar a casa e partir do zero. Vamos ver se "os egos" deixarão